domingo, 25 de outubro de 2009

Prazer e beleza


Lorette com xícara de café
Sensualidade e luz

Paisagem da Bretanha


Matisse Hoje

Pinacoteca do Estado de São Paulo

Até 01/11/2009




E espanto


Fórmula de Primavera de Pavel Filónov



Fiorde Christiania de Vladímir Baránov



Virada Russa

Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo

Até 15/11/2009

Sempre o primeiro olhar, a descoberta da criança. Como acreditou Matisse.


segunda-feira, 12 de outubro de 2009

1956

Jeanne Moreau, Jules & Jim

(Em seis de outubro de 56 era primavera, talvez com sol também, como hoje.)


Aniversário em companhia de duas joaninhas cor de caramelo salpicado de preto, passeando em minhas sandálias. De presente a claridade, entre os galhos destas tantas árvores, destilando saudades daquele pinheiro eterno do quintal da infância, sombras e cheiros de suas agulhas, da casca rústica, da resina, da umidade do chão. Cheiros, cheiros tantos. Da casa morna e silenciosa depois da faxina das sextas-feiras, proteção e esperança. E das folhas oleosas do eucaliptal onde fazíamos piqueniques, a dois passos de casa, mas uma aventura recheada de limonada com groselha e colares de contas-sementes.

Poderia não doer.